Quantas vezes você já entrou em um ambiente e percebeu que depois de algum tempo seu estado de espírito foi alterado? Uma das possíveis razões para esse fato refere-se às cores utilizadas naquele espaço.

As cores nos influenciam de forma inconsciente, pois despertam processos psicológicos e emocionais. Somos capazes de lembrar das cores de um ambiente, mas temos dificuldade em descrevê-lo. Isso deve-se às sensações geradas pelas cores.

Ambientes de grande circulação de pessoas, como restaurantes e pontos comerciais, normalmente utilizam cores mais fortes, como tons de vermelho ou amarelo buscando influenciar de forma mais dinâmica os frequentadores desses ambientes. Não é por acaso que as cores do MacDonalds são vermelho e amarelo.

Projeto de uma cervejaria – as cores vibrantes foram distribuídas buscando dinamizar o ambiente. Tons de verde também foram utilizados pontualmente buscando gerar bem-estar aos frequentadores.

Já em ambientes onde é necessário relaxamento e tranquilidade, são utilizadas cores menos vibrantes em tons de verde ou azul. Isso acontece por elas serem relacionadas ao conforto para a visão e também por trazerem sensações de harmonia, paz e serenidade. Hospitais e casas de saúde são locais que utilizam a psicologia das cores visando gerar sensações de equilíbrio, relaxamento e bem estar.

Quando o objetivo é trazer sofisticação e elegância, os tons de cinza, preto e branco são indicados. No entanto, para que esse objetivo seja atingido, é fundamental a associação com outras cores. O preto, por ser uma cor escura, tende a fechar o ambiente, trazendo uma sensação de enclausuramento. O cinza, pode gerar desânimo se utilizado sozinho, porém, associado ao branco e outras cores traz a sensação de requinte.

Quarto – tons claros como o cinza e o branco trazem amplitude e sensação de relaxamento e bem estar. Os detalhes em verde e tons pastéis também contribuem para essas sensações.

Dessa forma, ao escolher uma nova cor para sua casa, pense em qual sensação você pretende para aquele ambiente, tendo sempre em mente que, cores claras ampliam os espaços e cores escuras os reduzem. Assim, o ideal é que predominem no ambiente as cores cuja sensação você pretende estimular, e concilie estas com objetos decorativos com cores que permitam outras sensações mas que não se sobreponham àquela que reflete o objetivo que você pretende.

Sala de estar – tons de cinza, preto e branco utilizados buscando trazer elegância e sofisticação. Essas cores, associadas a outras mais fortes permitem estimular sensações diversas, de acordo com a intenção do projeto.