Descrição do projeto

     O Palácio Marcos Konder, localizado na rua Hercílio Luz, no Centro de Itajaí, foi entregue à comunidade em 1925 para ser sede do Fórum, da prefeitura e da Câmara de Vereadores. Em 1977, passou por intervenções para abrigar também o Museu Histórico de Itajaí, inaugurado em 1982.
     Aproximadamente 10 mil peças fazem parte do acervo do museu. Com o passar dos anos, houve necessidade de criar áreas específicas para abrigar o acervo, que foi crescendo, e também espaços para viabilizar a conservação e a execução de tarefas educativas. Em 2013, a Ornato fez um projeto de arquitetura contemporânea de ampliação. No edifício histórico, onde estavam todas as atividades, ficaram apenas as áreas expositivas do museu, possibilitando a exposição de toda a qualidade do acervo e permitindo que o próprio edifício seja objeto de conhecimento e admiração pelos visitantes.
     Para abrigar as áreas administrativas, copa, espaço educativo, sala de apoio pedagógico, sala de indexação, reservas técnicas e atividades complementares, foi projetado um novo edifício. A construção deste anexo tenta ao máximo preservar a visualização do palácio mantendo, além do afastamento, apenas dois pavimentos. Para suavizar a ligação entre os dois prédios foi proposta passarela envidraçada e acima do nível da praça.
     A reabertura do Museu Histórico de Itajaí ocorreu em dezembro de 2016 e o projeto propôs a restauração integral do bem, buscando a preservação de um imóvel de relevância histórica difusor de informações sobre a história e evolução urbana e arquitetônica de Itajaí. Também proporcionou a adequação para o funcionamento de atividades relacionadas à educação, informação e cultura.
    Clique aqui e saiba como visitar o museu.

 

 

Entre em contato